23 de mar de 2013

Glambox : Dezembro/12


Olá gatas!
Hoje mostrarei a vocês a minha Glambox de dezembro do ano passado. A caixinha dessa vez foi vermelha, mas não cheguei a tirar fotos dela.

Abaixo vocês podem ver que dos 5 produtos que recebi, 4 deles foram full-size. Dentre eles, vieram sabonetes (que sempre é bom). RS


O valor que pago na caixa (incluindo frete) é de R$ 50,00 e vejam só... o protetor solar já vale à pena o preço pago. Se eu fosse somar os valores dos produtos que recebi (mesmo considerando que o sabonete seria no tamanho normal), eu teria que desembolsar R$ 256,30! Isso considerando apenas uma unidade de sabonete, mas na verdade recebi duas.


Opinião:
Cleanance Solar FPS 30 AVÈNE : protetor solar é sempre bom, não é gente? Esse é matificante e não deixa a pele oleosa. Uso mais no rosto, pois possui um tratamento antiacne.
Hydracid Lift SVR : é um sérum  indicado para as rugas de expressão. Como estou perto dos 30 anos, é sempre bom prevenir, não é mesmo? Uso todas as noites.
Nano Dose KAEDO : uma ampola com óleo de Argan e Macadâmia, proporcionando brilho e maciez aos cabelos. Coloco geralmente junto com a minha máscara reparadora capilar e posso garantir que o efeito é maravilhoso.
Shiso savon parfumé ROGER&GALLET : sabonete 100% vegetal. Ainda não usei, por isso não posso dar um feedback à vocês.
COOL TOWELS : toalhas refrescantes. Gente! Se essa toalha fizer o que se destina, será maravilhoso. Ainda não usei para dizer se é isso tudo que promete mesmo. A minha preocupação é que nunca vi dessas toalhas por aqui, e estou com uma peninha de usar porque só veio uma unidade. Estou pensando em levar para a praia quando eu for, pois no sol daqui, será uma maravilha!

Bom, gostaram dos itens desse mês? Eu gostei.
A primeira e segunda caixas me conquistaram... vamos ver a terceira não é mesmo?
Beijão a todas!



16 de mar de 2013

Por quê não? (+ sugestão de leitura)


Cada dia tenho a confirmação de que realmente sempre temos algo a aprender e devemos estar abertos ao aprendizado para tirar proveito das situações pelas quais passamos e assim conseguirmos enfrentar os obstáculos de maneira mais construtiva, seguir adiante e ir amadurecendo nessa jornada.

Infelizmente às vezes os "obstáculos" estão dentro das nossas próprias cabeças. São esses pensamentos que surgiram num determinado momento das nossas vidas e foram alimentados pelo nosso medo, insegurança, dúvida... E nós só continuamos fortalecendo esses pensamentos sabotadores quando nos repetimos e damos lugar a frases como "não posso", "não sou capaz", "não consigo", "não é pra mim"... Por que não?! Nascemos livres, sem limites, com um grande potencial, cheios de idéias, sonhos e energia e vamos crescendo e escutando coisas que nos levam a desacreditar dos nossos sonhos e até de nós mesmos.

E então caímos e alguém nos diz "tá vendo? Eu te disse!" Nos sentimos fracassados, envergonhados e nossa mente de alguma maneira "processa" e internaliza isso como uma confirmação de que "realmente não podemos". Então deixamos de tentar... E assim vamos estabelecendo limites ao nosso redor, nos colocamos numa zona de "conforto" cheia de barreiras em volta, uma verdadeira prisão... E logo é mais fácil permanecer ali e não se arriscar. (Por que temos tanto medo do risco?!) Nos tornamos "escravos" do medo. Não queremos cair, não queremos falhar e não queremos que ninguém veja nosso "fracasso".


Pode não ser fácil reverter esse mecanismo, mas não é impossível. O primeiro passo é ter consciência desse processo, de como ele começou nas nossas vidas, do que engatilhou essa maneira de "pensar" e tentar analisá-lo de maneira mais lógica e racional, tomando certo distanciamento, para assim sermos capazes de enxergar que realmente essas crenças não têm cabimento, não têm sentido.

Hoje em dia vejo que realmente não há limites. (The sky is the limit!) Somos nós quem criamos os limites. Nós somos capazes de realizar o que nos propormos. Com determinação e dedicação, tudo está ao nosso alcance. Somos mais fortes do que acreditamos ser. E para não cair nessa armadilha do medo, devemos sempre nos perguntar "por quê?" ou "por quê não?" quando surja algum pensamento limitante. Não devemos ter medo de cair, de falhar, porque a vida é isso aí, é tentativa e erro. É claro que se não tentarmos, não vamos "fracassar", mas isso também não faz de nós vencedores...


E eu creio que não devemos desejar para nós mesmos nada menos que o melhor. Por que não? Nós somos merecedores. Deveríamos tentar ser sempre o melhor ser humano que pudermos ser em cada momento da nossa vida, sem a utopia da perfeição é claro. Nada nem ninguém é perfeito nem nunca será (e não tem porque ser!). Mas sempre podemos tentar ser uma pessoa melhor e ter uma vida melhor (não há nada de mal nisso). Talvez amanhã possamos ser melhores que hoje, ou não. Às vezes sabemos que podemos chegar a ser melhores, mas não podemos dar mais de nós mesmos naquele exato momento, and it´s ok. Devemos ser compreensivos e pacientes com nós mesmos também (não só com os demais).

Tenho refletido e aprendido muito sobre a vida e sobre mim mesma. Tenho conseguido me dar conta do porquê de muitas coisas e isso não quer dizer que eu já tenha aprendido a lidar com tudo isso, mas isso é libertador e traz esperança, porque é o primeiro passo! It´s a work in progress. Já caí muito na minha vida, continuo caindo e espero continuar caindo rs, porque isso significa que estou tentando, que estou lutando. Estamos aí, na ativa! Posso cair de um abismo, chegar ao fundo do poço, mas não me rendo, não desisto, não sem lutar (not without a fight)! Cada dia é um novo dia, uma nova oportunidade. Mesmo que não consigamos ver a luz no fim do túnel num determinado momento, precisamos ao menos ter a certeza de que ela está lá (porque está!).


Eu gostaria de aproveitar para sugerir o livro Pare de Se Sabotar e Dê a Volta Por Cima - Como Se Livrar dos Comportamentos que Atrapalham Sua Vida (The Flip Side) do educador e psicoterapeuta Flip Flippen, que ainda não terminei de ler, mas sem dúvida terminarei! Agradeço muito a quem me recomendou esse livro! ;)

Termino essa mensagem com um trecho do refrão da música Try (vale a pena escutá-la!) da minha ídola Pink rs, que estive escutando enquanto escrevia esse texto!


But just because it burns doesn’t mean you’re gonna die 
You gotta get up and try, try, try 
Gotta get up and try, try, try 
Gotta get up and try, try, try

Mas só porque queima não significa que você vai morrer
Você tem que levantar-se e tentar, tentar, tentar
Tem que levantar-se e tentar, tentar, tentar
Tem que levantar-se e tentar, tentar, tentar

Beijos!







"You may say I'm a dreamer, but I'm not the only one." (John Lennon)

P.S.: Pessoal, criei um blog para brasileir@s que vivem ou desejam se aventurar no exterior! Chama-se Do Brasil Pro Mundo (clique aqui para conhecer).
Quem tiver interesse, sinta-se convidad@ a dar uma passadinha por lá! ;)

14 de mar de 2013

Risqué : Verde diferente!

Olá gatas!


Hoje resolvi fazer um post rapidinho só para mostrar a vocês um verde que há muito tempo estava querendo usar e quando usei, me arrependi de não ter usado antes! Hehehe

Estou falando do Verde Diferente! da Risqué.


Gente, ele é muito lindo. Um tom de verde que achei super chic porque é neutro:



Apliquei duas camadas e carimbei umas estrelinhas na unha do anelar com o Prata Cromo da Impala:



Gostaram? Eu amei!
No próximo post mostrarei a minha caixinha Glambox do mês de dezembro, que ainda não mostrei (a enrolada aqui! rs).

Beijos!

1 de mar de 2013

Gratidão (sugestões de leitura)

Oi menin@s!! :)

Tudo bem?
Hoje trouxe pra vocês um post um pouco diferente. Não é sobre maquiagem nem cosmética. É sobre a beleza da vida! ;) Espero que vocês curtam!
Recentemente ouvi falar nesse livro e, apesar de ainda não ter lido, pensei em compartilhar essa sugestão de leitura com vocês. (Acho bom ter sempre um livro e/ou revista interessante à mão pra ler!) Trata-se do livro Gratidão - Um Estilo de Vida (Gratitude - A Way of Life), que é uma recopilação de textos sobre a gratidão reunidos por Louise L. Hay, autora do livro Você Pode Curar Sua Vida (You Can Heal Your Life; que eu já li e também recomendo!) e outros. Descobri esse livro sobre a gratidão graças a um vídeo (clique aqui para ver) da queridíssima gurú Flávia Calina (do canal fla1982 no You Tube), em que ela mostra esse presente que ela ganhou, entre outras coisas.
Creio que a gratidão é uma das virtudes que nos ajuda a viver melhor e ter mais paz de espírito. Acho que o mundo precisa de mais gratidão, empatia (essa capacidade de se colocar no lugar do outro) e humildade! :) E eu tenho tentado trabalhar nesses dois primeiros pontos! rs Às vezes nos sentimos tão sobrecarregados ou exauridos por tudo que temos que fazer e dar conta, nosso ritmo de vida é tão corrido que nem sobra tempo ou energia pra nós mesmos (geralmente nossas prioridades são outras e nos deixamos por último na "lista"...) e acabamos nos "esquecendo" do que é realmente importante, das coisas boas que temos e que acontecem nas nossas vidas
(as bençãos) e pelas quais devemos ser gratos. A gratidão nos ajuda a superar as adversidades, o pessimismo, as tristezas e seguir adiante com mais ânimo, otimismo e uma atitude mais positiva. Esse livro com certeza vai pra minha lista de livros que quero ler!
A Flávia também fez um vídeo (clique aqui para ver, vale muito a pena!) contando que segue uma sugestão que ela aprendeu com o programa da Oprah Winfrey (uma idéia dada
pela Sarah Ban Breathnach no livro Simple Abundance: A Daybook of Comfort and Joy*; que também vai pra minha lista!) de fazer um diário de gratidão, onde todos os dias escreve cinco coisas pelas quais é grata. Podem ser coisas simples (como um sorriso de alguém, um agradecimento/reconhecimento, uma carta/telefonema/mensagem, um dia de sol, de chuva ou de neve rs, enfim) ou coisas boas que nos lembramos ou nos damos conta e pelas quais somos gratos. Achei essa idéia fantástica e, apesar de ainda não ter começado a escrever, tenho tentado me lembrar mais das coisas boas e vejo que isso realmente ajuda muito. Imagino que tenha um efeito ainda maior quando escrevemos, já que nos propomos a perceber ou lembrar de pelo menos cinco coisas boas, então tentamos estar mais atentos e perceptivos a elas (o que inclusive acaba atraindo-as! Vocês já leram o livro O Segredo**, de Rhonda Byrne?) e aquilo fica ali registrado (e como a Flávia bem disse, as palavras têm poder!). A consciência das coisas boas que temos, que acontecem e que nos rodeiam é o que nos permite ser gratos e viver o presente mais plenamente. O escritor Eckhart Tolle fala muito sobre a importância de viver o presente no livro O Poder do Agora (The Power of Now). Eu comprei o livro Praticando o Poder do Agora (Practicing the Power of Now; o meu está em Espanhol), do mesmo autor; só falta ler! rs.
Um dia desses eu vi um episódio do programa Perder para Ganhar (The Biggest Loser) e Dolvett
, um dos personal trainers (sua história também é inspiradora; ele foi adotado e foi capaz de superar muita coisa), gritou pra uma pessoa que estava participando do programa: "Own this moment! OWN THIS moment!" e nossa, aquilo me impactou e me marcou muito, porque às vezes nos "prendemos" tanto ao passado (muitas vezes um passado difícil ou triste) e/ou nos PRE-ocupamos tanto com o futuro (queremos que nosso futuro seja de uma determinada maneira, às vezes temos medo de falhar ou de as coisas não darem "certo", ou seja, do modo como nós queremos, enfim), que acabamos não vivendo e vivenciando o presente (que é um presente, uma dádiva!). Então acredito muito nisso de "tomar posse e ser dono(a) deste momento"! (Me lembrei até da música Security da Joss Stone agora! Vale a pena escutá-la e ver a letra***!) A vida é aqui e agora! Enquanto estamos esquentando a cabeça ou pensando demais, a vida tá aí rolando solta! rs
Eu gostaria de aproveitar para dizer que sou grata pelas famílias, pelos amigos e pelos gatos (esses companheiros lindos e fofos!) que Deus me deu; sou grata por existirem pessoas como a Flávia, que compartilham e tentam ajudar e fazer a diferença (e fazem!); sou grata por poder contar com a colaboração da minha grande amiga Lú, com quem tanto aprendo; sou grata por haver arte no mundo (o que seria de mim sem música, cinema e livros?! rs); sou grata pelas oportunidades que já tive na vida e por tantas coisas mais. 
É isso, acho que era isso que eu tinha pra dizer. Espero não ter me esquecido de nada!
Desejo a vocês uma vida plena!

Beijos! :*
Di

* Acho que no Brasil esse livro se chama Simplicidade e Plenitude - Um Diário do Bem-estar e da Alegria.
** Título original: The Secret
*** Deixo aqui pra vocês a letra da música Security da Joss Stone:

"Security"

A loss that would have thrown
A hole through anybody's soul
And you were only human after all
So don't hold back the tears my dear
Release them so your eyes can clear
I know that you will rise again
But you gotta let them fall
I wish that I could snap my fingers
Erase the past but no
You cannot rewind reality
Once the tape's unrolled

[Chorus:]
If your spirit's broken and you can't bear the pain
I will help you put the pieces back
A little more each day
And if your heart is locked and you can't find the key
Lay your head upon my shoulder
I'll set you free
I'll be your security

A moment of despair
That forces you to say that life's unfair
It makes you scared of what tomorrow may bring
But don't go giving into fear
Stop hiding all alone in there
The show keeps going on and on
But you'll miss the whole damn thing
I wish I had a crystal ball to see what the future holds
But we don't know how the story ends till it's all been told

[Chorus]

On any clock upon the wall
The time is always now
So baby kiss the past goodbye
Don't let the future blow your mind
Just sit back and chill
Take things as they come
You can't be afraid
To live for today
I will be with you each step of the way

[Chorus (2x)]


"O essencial é invisível aos olhos. Só se vê bem com o coração."
(Antoine de Saint-Exupéry)