28 de out de 2012

Parte 6 – Outubro Rosa


Olá caras leitoras!

Apesar de ter alguns adesivos de unha inteira, nunca pensei em aplicar somente na unha do anelar como muitas meninas fazem... resolvi fazer hoje.

Utilizei o esmalte Pink Fluor da Risqué que fala por si só:


Esmaltei com duas camadas e apliquei no anelar o adesivo da July Beauty Ref.: 96184. Achei maravilhoso. Não sei se dá para perceber, mas no adesivo tem umas partes brancas e eu pintei com o próprio esmalte. rs:


Achei que ficou muito bom. Esse adesivo é sucesso!

================================================================

Câncer de mama > Conto:



Um homem atraente de meia idade, entrou num bar e sentou-se. Antes de fazer o pedido percebeu que um grupo de homens mais jovens que bebiam numa mesa perto da sua, riam muito dele.
Só quando lembrou-se da pequena fita rosa que levava na lapela do seu casaco, entendeu o motivo de tanta risada.
O homem não deu qualquer importância, mas os insistentes risos começaram a incomodá-lo. Olhou um deles diretamente nos olhos, levou o dedo à lapela e apontou a fita:
– Isto? – disse ele.
Com esse gesto, os homens soltaram gargalhadas. O homem ao qual dirigiu o olhar disse-lhe:
– Desculpe amigo, só estamos a comentar como está bonito com essa fitinha rosa no casaco azul.
Com toda a calma, o homem fez um gesto ao gozador convidando-o a aproximar-se e sentar-se com ele à mesa. Ainda que bastante incomodado o jovem aproximou-se e sentou. O mais idoso com voz calma disse-lhe:
– Uso esta fita para chamar atenção sobre o Câncer da Mama. E uso a fitinha em honra da minha mãe.
– Sinto muito amigo, ela morreu de câncer de mama? – disse o jovem.
– Não, ela está ótima. Mas os seus seios alimentaram-me quando eu era bebê e foram sempre um abrigo quando tinha medo ou me sentia só. Estou muito grato aos seios da minha mãe e à sua saúde também. – afirmou o senhor.
– Entendo. – respondeu o outro pouco convencido.
– Também uso esta fita para homenagear a minha mulher, continuou o homem.
– E ela também está bem?
– Claro que sim. Seus seios foram fonte de amor para ambos. Com eles, alimentou a nossa bela filha de 23 anos. Estou muito grato pelos seios da minha mulher e pela sua saúde.
– Já sei. Suponho que também usa a fita para homenagear a sua filha.
– Não. É muito tarde para isso. Minha filha morreu com câncer de mama há um mês. Ela pensou que era muito jovem para contrair o cancro. Assim, quando acidentalmente notou uma pequena protuberância, ignorou-a. Pensava ela que não incomodando e não doendo... não havia com o quê se preocupar.
Comovido e envergonhado o mais jovem disse:
– Sinto muito, senhor.
– Portanto, em memória de minha filha uso essa fitinha com muito orgulho. Isso me dá oportunidade de falar com os outros. Quando voltar para sua casa, fale com a sua esposa, sua mãe, suas irmãs, suas amigas. Tome!
O homem buscou no bolso e entregou ao outro uma pequena fita cor-de-rosa. Este pegou, olhou, lentamente levantou a cabeça e disse:
– Ajuda-me a colocá-la?



Repassem esse conto às mulheres e homens que vocês conhecem.

2 comentários:

  1. Que lindo, o rosa é perfeito!!!

    ResponderExcluir
  2. É como o próprio nome já diz... Pink Fluuuuuuuuuuuuuuuuuor! rsrsrs
    Esse rosa é lindo mesmo, não sei porque fiquei tanto tempo sem usá-lo. rs

    ResponderExcluir